quarta-feira, 15 de março de 2017

Confirmação Oficial: A Operação Marquês é o Aleph


Com esta, para os néscios, inesperada associação aos novos casos de legionella na Maia, creio já não existir qualquer margem para dúvida, nem para o mais metódico cartesiano, na identificação da Operação Marquês com um desses pontos definidos por Borges como "o lugar onde estão, sem se confundirem, todos os lugares do mundo, vistos de todos os ângulos". Não posso, portanto, senão fazer votos para que, na sua transcendência de quaisquer mundanos questionamentos, em jeito ou vai ou racha, sobre a potencial ruína emparelhada dos sistemas jurídico e político portugueses, o prazo de conclusão desta investigação seja prorrogado sine die. O prolongamento e sucessão ininterruptos de mais outras inquirições a concebíveis trafulhices socráticas é a nossa melhor oportunidade de identificar a natureza da matéria negra, localizar a Atlântida, descortinar a existência de Deus (não quando esteja no duche: not cool), e descobrir onde é que a esposa devota que não tenho me esconde os chocolates.

Sem comentários: